Envolvências do MACNA (V)

 

Pormenor da fachada sul do edifício agora denominado Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, em Chaves, com projecto do arquitecto Siza Vieira (n. 1933).

 

Localizado a montante da ponte romana, o edifício evoca neste pormenor do arco de volta inteira não apenas a geometria da obra do pintor mas também os arcos daquele monumento nacional. Acresce a esta evocação o interessante pormenor de o arco apresentar, no seu plano vertical exterior, um ângulo ligeiramente inferior aos 180º.

 

Na arquitectura flaviense contemporânea, a evocação dos arcos da ponte romana havia sido já efectuada em pleno período pós-modernista, na década de 1980, pelo arquitecto Júlio Teles Grilo (n. 1953), num pequeno edifício implantado a jusante desta ponte, também na margem direita do rio Tâmega.

 

Imagem registada em 25 de Março de 2016.

 

© VENZ

 

publicado por blogdaruanove às 16:32 | favorito